Topo
25 de February de 2018
Anvisa suspende venda de lotes de marcas de álcool gel, fraldas e enxaguante bucal

Anvisa suspende venda de lotes de marcas de álcool gel, fraldas e enxaguante bucal

Falta de registro e reprovação em testes de qualidade foram os principais argumentos para a proibição da venda em território nacional


Três marcas de produtos de higiene foram penalizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no início de fevereiro. A suspensão da venda de alguns lotes dos produtos ocorreu devido a reprovação em testes de qualidade, falta de registro e ausência de cadastro na Anvisa.


No ensaio de teor alcoólico a 20ºC e análise de rotulagem, o lote 11 do álcool em gel Palmindaya apresentou resultado insatisfatório, de acordo com informações divulgadas pela Anvisa no Diário Oficial da União do dia 9 de fevereiro.


O produto é fabricado pela empresa Palmindaya Cosméticos, que deve promover o recolhimento do estoque disponível no mercado desse lote específico.


O higienizador bucal Fumodex, especial para fumantes, teve a suspensão promovida pela Anvisa devido a falta de registro, notificação ou cadastro no órgão. O produto também é fabricado por empresa desconhecida e vendido em um kit, com 10 comprimidos de levedo de cerveja, além do higienizador bucal.


No caso da fralda descartável Megafral Baby, a falta de registro na Anvisa levou à proibição da fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e uso do produto. A empresa Megafral Indústria e Comércio, notificada pelo órgão, deverá recolher o estoque existente no mercado.


Fonte: Gazeta Do Povo

Tags


Compartilhe

Google+