Topo
24 de April de 2018
Copel é eleita pela Aneel melhor distribuidora do Brasil

Copel é eleita pela Aneel melhor distribuidora do Brasil

A Copel foi eleita pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a melhor grande distribuidora de energia de todo o País e da Região Sul na percepção do cliente residencial em 2017. A premiação é referente ao Índice Aneel de Satisfação do Consumidor (Iasc), indicador que revela a satisfação do consumidor com os serviços prestados. A premiação aconteceu na última quinta-feira (01), em Brasília.


A Companhia Paranaense alcançou 80,69 pontos, tanto na categoria Brasil como na categoria Sul de Concessionárias Acima de 400 mil Clientes, à frente das distribuidoras Celesc e RGE – finalistas também em ambas as categorias. Para chegar ao Iasc, a Aneel avalia uma série de critérios, tais como a qualidade percebida pelo cliente, relação custo-benefício dos serviços, satisfação geral e confiança no fornecedor.


O presidente da Copel, Antonio Guetter, destaca o prêmio como dos mais relevantes para a Companhia, que vem acumulando seguidos títulos nacionais e internacionais nos últimos anos. “Este é um prêmio especial, pois, apesar de termos ganho prêmio similar da Abradee, receber um reconhecimento da agência reguladora é sempre um feito muito significativo”, disse, referindo-se ao prêmio da Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia conquistado em 2017, pelo quarto ano consecutivo.


Além dos títulos brasileiros, ano passado a Companhia também levou o prêmio de melhor distribuidora de energia da América Latina e Caribe pela Comissão de Integração Energética Regional (Cier), principal entidade do setor elétrico no continente. Foi a quinta vez nos últimos sete anos que a Copel conquistou o prêmio.


RECONHECIMENTO - O prêmio Iasc foi recebido na capital federal pelo diretor da Copel Distribuição, Maximiliano Orfali, na noite desta quinta-feira. O diretor atribui o reconhecimento aos expressivos investimentos na melhoria da qualidade dos serviços. “Buscamos novas tecnologias e desenvolvemos inovações com o que há de melhor no mercado e no setor”, afirmou.


Somente em 2017, R$ 630 milhões foram destinados à área de Distribuição de energia, para obras de ampliação e modernização da rede elétrica. Em 2018, serão investidos R$ 790 milhões.


O reflexo desses investimentos se dá, por exemplo, na melhoria do índice de frequência nas interrupções, o chamado FEC. “Em 2017 obtivemos o menor índice da história da empresa e os clientes têm percebido essa melhora, sinalizada ano após ano em todas as pesquisas realizadas”, acrescentou o diretor.


O IASC - O índice da Aneel é aferido por meio de pesquisa de opinião realizada com consumidores de todo o Brasil. A pesquisa foi feita ano passado, por meio de entrevistas a 24.926 consumidores residenciais, de forma presencial domiciliar, em 584 municípios atendidos pelas 96 distribuidoras, sendo 58 concessionárias e 38 permissionárias. As premiações contemplam dez categorias entre as concessionárias e quatro entre as permissionárias.


No índice da Aneel, a Copel levou o primeiro lugar nacional entre as grandes concessionárias pela última vez em 2014. Em 2016, a Companhia ficou com o terceiro lugar no ranking brasileiro e o primeiro da Região Sul.


Fonte: AGÊNCIA DE NOTÍCIAS DO PARANÁ

Tags


Compartilhe

Google+