Topo
23 de May de 2018
Dia Mundial da Educação é destacado durante solenidade especial no Legislativo

Dia Mundial da Educação é destacado durante solenidade especial no Legislativo

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) promoveu sessão solene cívica ao final da tarde de quinta-feira (26), em seu Plenário, para destacar o “Dia Mundial da Educação”, comemorado oficialmente em 28 de abril. O evento atendeu a uma proposição do deputado Ney Leprevost (PSD), aprovada por unanimidade pelos deputados estaduais. A data serve para incentivar e conscientizar a população em geral sobre a importância da educação – seja a educação escolar, social ou familiar – para a construção de valores essenciais na vida em sociedade e do convívio saudável entre os indivíduos.

Destacadas autoridades, professores e diretores de instituições de ensino do Paraná foram homenageadas durante a solenidade conduzida por Leprevost, com o reconhecimento público de suas atuações em favor da educação. Entre essas personalidades a promotora de Justiça Swami Mougenot Bonfim; o vereador de Curitiba Professor Euler; Henrique Naigeboren, conselheiro decano da Fundação de Estudos Sociais do Paraná (FESP); a professora Maria Rachel de Camargo Vianna Nascimento; o professor Marlus Geronasso, coordenador do Grupo Eureka; o professor Elemar Menegati, diretor do Colégio Marista Paranaense; o presidente da FESP, Carlos Eduardo Athayde Guimarães; e o professor Wilson Picler, fundador e chanceler do Grupo Uninter – a quem coube falar em nome dos homenageados.

Educação para Todos – A comemoração remete à data de 28 de abril de 2000, quando foi realizado em Dakar, no Senegal, o Fórum Mundial de Educação, com a participação de representantes de 180 países, incluindo o Brasil. Nesta ocasião foi assinada a “Declaração de Dakar – Educação para Todos – 2000”, documento no qual os países subscritores se comprometiam em promover uma educação realmente capaz de chegar a todas as pessoas do planeta, reafirmando-se a educação como um direito humano fundamental e como chave para se alcançar a participação efetiva das pessoas nas sociedades e economias do século XXI.

Para tanto, os signatários da Declaração de Dakar se comprometeram a atingir objetivos como expandir e melhorar a educação das crianças pequenas, especialmente aquelas mais vulneráveis e em maior desvantagem; assegurar que todas as crianças em circunstâncias difíceis tenham acesso à educação primária, obrigatória, gratuita e de boa qualidade; e garantir que as necessidades de todos os jovens e adultos sejam atendidas pelo acesso equitativo à aprendizagem de habilidades para a vida e a programas de formação para a cidadania.

Também entre estas metas prioritárias destacaram a melhoria de pelo menos 50% nos níveis de alfabetização de adultos (até 2015), especialmente para as mulheres; a eliminação de disparidades de gênero na educação primária e secundária; e a melhoria da qualidade da educação em todos os níveis, de modo a garantir resultados mensuráveis especialmente na alfabetização, no ensino da matemática e de habilidades essenciais à vida.

Fonte: Assembleia Legislativa do Paraná

Tags


Compartilhe

Google+