Topo
20 de October de 2017
Polícia Ambiental prende caçadores com cães em estado de maus-tratos

Polícia Ambiental prende caçadores com cães em estado de maus-tratos

Uma grande operação realizada em Matelândia, pela 5° Companhia de Polícia Militar Ambiental e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) foi realizada na quinta-feira (27), com apoio de oito viaturas, 32 policiais ambientais, com o objetivo de combater infratores ambientais que utilizam da carne de caça de animais silvestres para comércio ilegal.

Na operação, foram apreendidas 20 armas de fogo, foram presas nove pessoas, apreendidas 184 munições de diversos calibres, uma luneta telescopia, 23 Kg de carne do animal silvestres capivara, nove pombas, três pássaros silvestres, 5Kg de peixes diversos, 110 metros de redes de pesca, dois tarrafas, 40 gramas de maconha, além de ser encontrado um lixão clandestino com resíduos sólidos classe 1.

O que chamou a atenção das equipes policiais foram três cachorros conhecidos como americanos, utilizados para caça, que estavam amarrados, machucados e sem comida, que ficavam com fome com o intuído de quando o dono saíssem para caçar, ficassem mais agressivos.

Os objetos apreendidos e os presos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Matelândia. Os cachorros foram encaminhados para um local onde receberão tratamento para recuperação.

Polícia Ambiental prende caçadores com cães em estado de maus-tratos
Polícia Ambiental prende caçadores com cães em estado de maus-tratos
Polícia Ambiental prende caçadores com cães em estado de maus-tratos

Fonte: Radio Cultura Foz

Tags


Compartilhe

Google+