Topo
22 de September de 2017
Professores da rede pública de Itaipulândia têm formação gratuita com geólogo sobre educação ambiental termal

Professores da rede pública de Itaipulândia têm formação gratuita com geólogo sobre educação ambiental termal

Durante as aulas, docentes tiveram a oportunidade de viver 9 experiências sensoriais distintas promovidas pelo uso de recursos naturais terapêuticos


Uma ação desencadeada pelo complexo Itaipuland Hot Park, Resort & SPA Thermal vem buscado levar informação e conhecimento para os professoras da rede pública municipal de Itaipulândia, a 70km de Foz do Iguaçu.


Durante dois dias, docentes do 4º e 5º ano das escolas do município tiveram aula com o geólogo termalista Dr. Fábio Lazzerini, vice-presidente da Organização Mundial do Termalismo (OMTh) e presidente da Associação Latino-Americana de Termalismo (ALATh).


A iniciativa do parque aquático de água termal surge para desenvolver, aos poucos, uma cultura voltada ao termalismo e ao turismo termal em Itaipulândia. Para o professor Dr. Fábio, é preciso investir nas crianças, pois elas são o futuro da cidade. Fábio afirma: “É bom que as crianças conheçam os recursos e ambientes naturais em que pisam e usam. Quanto mais racional for esse pensamento, maior a chance de sucesso da comunidade”.


Durante as aulas, professoras dos 4º e 5º anos tiveram a oportunidade de viver nove experiências sensoriais


diferentes, entre elas: provaram da água termal na pele, fizeram a ingestão, experimentaram água aromatizada cítrica, tiveram contato com a cromoterapia, água hipersalina, musicoterapia, sessão de relaxamento, observação do meio ambiente, e seleção e coleta de minérios.


Nos dois dias de visita, um para ano letivo, conheceram o SPA Fun, a Piscina Coberta, fizeram uma expedição técnica pelo território do parque e se encantaram com cada detalhe do Cave SPA Thermal. Para não passar em branco, a linha dermocosmética termal pertencente ao complexo, Eau Thermale Cataratas, sorteou dois kits de produtos Claro que elas adoraram!


Para a assessora pedagógica Madalena Dhein, os resultados do trabalho podem dar bons frutos: “Dessa forma, esses profissionais têm subsídio para trabalhar na conscientização dos alunos e, consequentemente, de toda a comunidade escolar, sobre a importância da preservação ambiental” – comenta.


A ação pioneira do complexo termal foi bem recebida pela Secretaria de Educação de Itaipulândia. Pretende-se, cada vez mais, efetivar trabalhos em parceira para que toda a população do município de 10 mil habitantes saia ganhando.


Professores da rede pública de Itaipulândia têm formação gratuita com geólogo sobre educação ambiental termal
Professores da rede pública de Itaipulândia têm formação gratuita com geólogo sobre educação ambiental termal


 

Fonte: Itaipuland Hot Park, Resort & SPA Thermal

Tags


Compartilhe

Google+