Topo
18 de November de 2017
Quase 30% das cidades do Paraná tem suspeitas de dengue

Quase 30% das cidades do Paraná tem suspeitas de dengue

Dados fazem parte do relatório da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa); notificações da doença dobraram em Londrina e em Maringá



O primeiro boletim de setembro da dengue divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) nesta quarta-feira (13) mostra que mais 30 municípios registraram casos suspeitos da doença na comparação com agosto. No total, já são 117 cidades com notificações - o equivalente a quase 30% do estado - e dez com casos confirmados.


No total, foram confirmados 27 casos da dengue no Paraná, 11 a mais que em agosto, quando teve início a temporada epidemiológica 2017/2018. Já as notificações subiram de 504 para 925. Destas, 480 suspeistas foram descartadas.


Na lista dos municípios com o maior número de confirmações estão Maringá (9), Foz do Iguaçu (7), e Tamboara (3). Em relação ao boletim anterior, de 29 de agosto, Maringá foi a cidade que mais teve aumento de casos: foram quatro confirmações em setembro. Foz do Iguaçu não teve casos confirmados neste mês.


Os municípios com maior número de casos suspeitos são Londrina (162), Maringá (116) e Foz do Iguaçu (103).


Ainda de acordo com o relatório, a incidência no estado é de 0,22 caso por 100 mil habitantes, o que segundo o Ministério da Saúde classifica como baixa.


Outras doenças


O relatório aponta aumento também nos casos suspeitos de chikungunya, de 17 para 32. Não houve confirmação da doença em setembro. E, o único caso confirmado, ainda em agosto, é de Paranavaí, no noroeste. Paranaguá lidera em notificações da doença, com dez suspeitas.


Já as suspeitas de zika subiram de 11 para 16, sem que nenhuma tenha sido confirmada.




Fonte: G1

Tags


Compartilhe

Google+