Topo
20 de October de 2017
Suzane Richtofen e Anna Carolina Jatobá deixam a prisão para o Dia das Crianças

Suzane Richtofen e Anna Carolina Jatobá deixam a prisão para o Dia das Crianças

Condenadas por crimes hediondos, elas receberam a autorização da Justiça para a saída temporária do presídio de Tremembé


Suzane von Richthofen, condenada pela morte dos pais em 2002, e Anna Carolina Jatobá, presa pela morte da enteada Isabella Nardoni, receberam a autorização da Justiça para uma saída temporária do presídio em que cumprem pena, em Tremembé, São Paulo. Com o benefício, as duas poderão voltar ao local apenas na segunda-feira (16).


Polêmica, ainda mais em casos de presos por crimes hediondos, a saída temporária, segundo a Lei de Execução Penal (7.210/1984), popularmente conhecida como “saidão”, tem como objetivo auxiliar o preso no retorno aos convívios familiar e social. Ela acontece normalmente em datas comemorativas, como Natal, Páscoa, Dia dos Pais e Dia das Mães. Podem requerer o benefício os condenados com bom comportamento que tenham cumprido, ao menos, 1/6 de pena se primários e 1/4 se reincidentes.


Condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, Suzane teve progressão de regime para o semiaberto em outubro de 2015. Em 2016, ela saiu para o Dia das Mães, quando foi absolvida após passar um endereço falso de onde estaria, no Dia dos Pais e no Dia das Crianças. Este ano, ela pôde deixar a prisão também no Dia das Mães.


Anna Carolina Jatobá, condenada a 26 anos e oito meses, conseguiu a progressão do regime fechado para o semiaberto em julho deste ano – portanto, esta é a sua primeira saída temporária. Ela conseguiu o semiaberto após trabalhar no presídio de Tremembé como costureira.


Fonte: Gazeta Do Povo

Tags


Compartilhe

Google+