Topo
14 de August de 2018
Uber confirma operação em STI, Foz do Iguaçu e São Miguel do Iguaçu

Uber confirma operação em STI, Foz do Iguaçu e São Miguel do Iguaçu

Representantes do aplicativo de transporte Uber se reuniram na tarde de segunda-feira (19) em Foz do Iguaçu, com cerca de 90 motoristas interessados em fazer parte da empresa norte-americana. O aplicativo anunciou que irá começar a operar na cidade a partir das 14h de sexta-feira (23). A reunião aconteceu a portas fechadas em uma sala do Hotel Rafain.
Em nota, a Uber confirmou o início das operação em Foz do Iguaçu, com abrangências para as cidades vizinhas de Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu. O aplicativo não será estendido às cidades vizinhas de fronteira, Cidade do Leste (PY) e Porto Iguaçu (AR).
“Inicialmente, a categoria disponível na região é o uberX. No Paraná, a empresa está presente desde 2016, com início das operações em Curitiba. O app também está disponível em Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel, Toledo e Paranaguá, entre outras cidades. Em todo o Estado, já são mais de 20 mil motoristas parceiros cadastrados”, disse a empresa”.
Como funciona a tabela de preços:
O preço de viagens pela Uber em Foz do Iguaçu varia de acordo com a distância e o tempo. Outros itens também entram no cálculo, conforme explicado abaixo. Ao final de cada viagem, os usuários recebem um recibo com o descritivo dos itens que fazem parte do valor final. A partir de sexta-feira, é possível estimar o valor de viagens em Foz no site da Uber.
[R$ 2,00 preço base + R$ 1,10 (p/ km) + R$ 0,15 (p/ minuto)] [Preço mínimo e taxa de cancelamento: R$ 6 | Custo fixo: R$ 0,75]
Fiscalização
O Instituto de Transporte e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans), informou que o órgão irá fiscalizar os motoristas da Uber, da mesma maneira com que já vem fazendo com os motoristas do aplicativo Garupa, que atuam na cidade.
De acordo com o superintendente do Foztrans, Fernando Marinichi, o serviço é ilegal e os motoristas do Uber estarão sujeitos à multas previstas no Código Brasileiro de Trânsito e na lei municipal.

No início deste ano, o Foztans aplicou multa em oito motoristas cadastrados no Garupa, em R$ 3.5 mil cada e retenção do veículo. No dia 6 de fevereiro, a 4° Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná, proibiu a prefeitura de Foz do Iguaçu de aplicar sansão a estes oito motoristas.

Fonte: Blog do lago

Tags


Compartilhe

Google+