Topo
20 de October de 2017
UTFPR Medianeira: Diretor-Geral do câmpus participa de mesa-redonda em evento literário

UTFPR Medianeira: Diretor-Geral do câmpus participa de mesa-redonda em evento literário

Na última sexta-feira (15), o Diretor-Geral do Câmpus Medianeira da UTFPR integrou a mesa-redonda Educação em tempos de crise, juntamente com representantes de Instituições Públicas de Ensino Superior da região oeste do Paraná, professores Fernando José Martins (Diretor da UNIOESTE Foz e Gustavo Oliveira Vieira (Reitor da UNILA).


O debate, promovido pela Editora da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Edunila), aconteceu durante a Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu e objetivou apresentar e discutir um panorama sobre a atualidade das universidades e de seu papel na sociedade brasileira.


Na ocasião, o diretor Flávio enalteceu a colaboração e parceria entre as três universidades presentes à mesa-redonda e agradeceu pelo convite e possibilidade de discutir temas tão importantes no contexto educacional brasileiro. Inicialmente, o diretor fez um breve histórico da UTFPR e apresentou o Câmpus Medianeira que atualmente oferece 10 cursos de graduação, sendo cinco deles avaliados com o conceito 5 – nota máxima atribuída pelo MEC – e 5 programas de Pós-Graduação Stricto Sensu nas áreas de Tecnologias Ambientais, Tecnologias em Alimentos, Tecnologias Computacionais para o Agronegócio, Física e Química em Rede Nacional.


Quanto aos rumos da Educação em tempos de crise, Flávio salientou a importância de a gestão reinventar-se e encontrar alternativas para manter a qualidade habitual nas atividades de ensino, pesquisa e educação da UTFPR. Informou que há três anos, o câmpus vem tomando medidas preventivas para diminuir custos operacionais, como a redução de pessoal terceirizado, gerando uma economia de 300 mil reais/ano.


“Assim como a iniciativa privada, o setor público também está afetado pela crise. Logo é seu dever contribuir e fazer a sua parte para enfrentar os problemas decorrentes da falta e do corte de verbas. A perspectiva positiva aponta para nossos jovens estudantes, cuja vontade e atitude refletem no desenvolvimento e na mudança de um país melhor”, concluiu o diretor.


Fonte: UTFPR - Assessoria

Tags


Compartilhe

Google+