Topo
21 de April de 2018
Vereadores aprovam mais oito requerimentos em 6ª sessão ordinária

Vereadores aprovam mais oito requerimentos em 6ª sessão ordinária

Mais conforto aos usuários do transporte público; redutor de velocidade; lama asfáltica; propaganda de rua; verbas federais e muito mais. Veja o que os vereadores requereram na sessão ordinária realizada nesta segunda. Além das proposições abertas a votação, a Câmara despachou também cinco indicações ao chefe do Poder Executivo Municipal, prefeito Ricardo Endrigo.

II. Ordem: Matérias aprovadas em único turno:

Assentos de espera (026/2018)

Autor: Tarcísio Becker – (aprovado por unanimidade)

Busca saber através do prefeito Ricardo Endrigo, se está nos projetos da Divisão de Obras ou da Secretaria Municipal de Saúde, a instalação de assentos na parte externa da UBS Centro, onde as pessoas aguardam o ônibus responsável pelo transporte até outros municípios, ou se há algo de diferente pensado para que estes cidadãos tenham maior conforto enquanto aguardam.

O problema, de acordo com o vereador, é que os horários de saída dos ônibus intermunicipais não são compatíveis com os horários de atendimento da UBS, que está fechada, impossibilitando o uso dos assentos da parte interna. Além do que, a situação torna-se mais delicada, quando a maioria dos usuários que aguardam os ônibus neste local possuem limitações físicas, seja por idade ou condições de saúde.

Lombada (027/2018)

Autor: Valdir de Oliveira – (aprovado por unanimidade)

O vereador cobra a instalação de uma lombada na Rua Minuano, entre a Avenida Brasília e o Cemitério Municipal. O grande número de motoristas que trafegam em velocidades acima do permitido, colocando em risco a população local é a motivação deste requerimento, encaminhado ao prefeito Ricardo Endrigo e ao secretário de Obras, Eduardo Baratto.

Recape asfáltico (028/2018)

Autor: Valdir de Oliveira – (aprovado por unanimidade)

Outro requerimento direcionado ao prefeito e ao secretário de Obras, o qual solicita informações se consta, na programação da Divisão de Infraestrutura Urbana para este ano, a realização de recape asfáltico na Rua Guaíra, entre a Avenida Brasília e a Rua Giocondo Nandi. O pedido vem de encontro com as reivindicações da população residente no Loteamento Santos Dumont II.

Logística (029/2018)

Autor: Valdecir Fernandes – (aprovado por unanimidade)

Requer ao prefeito Ricardo Endrigo, que seja informado se o setor competente realizou, ou realizará, estudos necessários para a determinação de ampliação e/ou alteração das linhas do Transporte Coletivo Municipal no Bairro Jardim Irene, passando a abranger a Rua Idalina Bonatto. Moradores do referido loteamento, entendem ser esta alteração benéfica para a população local.

Poluição visual (030/2018)

Autor: Nelson de Bona – (aprovado por unanimidade)

Solicita ao Executivo, qual o setor responsável pelo recebimento dos pedidos, liberação e cobrança das taxas para a exploração publicitária nas vias e logradouros públicos; quais os anúncios liberados no ano de 2017 e o montante financeiro arrecadado através da cobrança das respectivas taxas; e como tem sido realizada a fiscalização destes anúncios, conforme os preceitos da lei.

“Há muitas placas e anúncios colocados nas calçadas da Avenida Brasília, inclusive no canteiro central, o que tem, em algumas situações, atrapalhado o tráfego de pedestres”, – justifica o autor, considerando que algumas peças possam estar, aparentemente, em locais proibidos ou inadequados.

Ninguém assume (031/2018)

Autor: Nelson de Bona – (aprovado por unanimidade)

Quer saber quais providências a Administração Municipal tem realizado no sentido de dar cumprimento ao disposto no art. 102 § 3º da Lei nº 385/2014, de 15 de julho de 2014 – Código de Posturas, que dispõe: “Compete ao proprietário do imóvel a construção e conservação dos muros e passeios, assim como do gramado dos passeios ajardinados”.

O autor constatou in loco, que há muitos espaços do município sem calçada e que em vários locais onde há o benefício, o mesmo encontram-se em péssimas condições de uso, o que compromete a integridade física dos transeuntes. O vereador ainda questiona se, apesar de transferir o encargo ao proprietário, a prefeitura de Medianeira não poderia, a exemplo de outras cidades, criar um marco legal de padronização das calçadas, seguindo as normas de segurança e acessibilidade.

Casa própria (032/2018)

Autor: Pedro Seffrin – (aprovado por unanimidade)

Solicita ao deputado federal Fernando Giacobo e a deputada estadual, Claudia Pereira, a viabilização de recursos para a construção da sede da Associação Filantrópica Social e Cultural Pró-Vida. De acordo com o autor da proposição, a Associação atua no município desde 1999, desenvolvendo diversas atividades com adolescentes, jovens e pessoas carentes. Com a construção de uma sede própria, poderão ser implantadas novas metodologias e realizadas parcerias visando a ampliação e melhoria do atendimento prestado à população.

Manutenção do patrimônio público (033/2018)

Autor: Pedro Seffrin – (aprovado por unanimidade)

Busca recursos através do deputado federal, Fernando Giacobo, junto ao Ministério das Cidades, para a realização de investimentos em infraestrutura urbana, especialmente implantação de galerias pluviais e recuperação de passeios públicos, na Avenida 24 de Outubro (trecho entre a Rua Londrina e a Avenida Brasília). O vereador justifica que, tanto as calçadas como as galerias pluviais do referido trecho apresentam inúmeros problemas gerados pela ação do tempo e falta de manutenção.

I. Projetos do Executivo baixados às comissões permanentes:

A Administração encaminhou à Câmara seis projetos de lei, cuja finalidade tem por acrescentar recursos ao orçamento de 2018 e concessão de bens públicos. Das proposições e valores:

N.º015/2018, que dispõe sobre a concessão de uso, a título não oneroso, de 25 notebooks usados, recebidos da Câmara dos Deputados, na qualidade de doação e incorporação ao patrimônio municipal, em benefício da Associação Missionária de Beneficência;

N.º017/2018, que dispõe sobre a 5ª revisão legal proposta às metas e prioridades constantes do Plano Plurianual, na Lei de Diretrizes Orçamentárias, bem como a abertura de crédito especial até a importância de R$ 194.867,00 – criação de elemento de despesa não previsto quando da elaboração da peça orçamentária.

N.º018/2018, dispõe sobre a abertura de crédito de R$ 137.461,82 – aplicação de saldo de recursos a título de superávit financeiro por fonte de recurso apurado em balanço patrimonial do exercício de 2017;

N.º019/2018, dispõe sobre a abertura de crédito ao orçamento vigente, até a importância de R$ 6.633.626,83 – aplicação de recursos oriundos de excesso de arrecadação.

N.º020/2018, dispõe sobre a abertura de crédito de R$ 139.410,14 – aplicação de recursos oriundos de excesso de arrecadação.

N.º021/2018, dispõe sobre a abertura de crédito suplementar até a importância de R$ 23.522,73 – adequação entre órgãos da administração.

Vereadores aprovam mais oito requerimentos em 6ª sessão ordinária
Vereadores aprovam mais oito requerimentos em 6ª sessão ordinária
Vereadores aprovam mais oito requerimentos em 6ª sessão ordinária

Fonte: Câmara Municipal de Medianeira

Tags


Compartilhe

Google+